quinta-feira, 20 de março de 2008

Jamendo

Descobri o Jamendo há muito pouco tempo e, como dizia aquele senhor no anúncio, "Estou maravilhada". A verdade é que, não sendo propriamente uma netlabel, disponibiliza uma imensidão de álbuns - tudo editado em Creative Commons. O único requisito para começarmos a fazer downloads como se não houvesse amanhã é o registo. A partir daí, é só pesquisar o que queremos, ou simplesmente vaguear, esperando que algo nos desperte a atenção.

Aliás, um dos pontos fortes são exactamente as modalidades de pesquisa disponíveis, que vão desde a nacionalidade do projecto ao número de downloads por semana, por mês ou de sempre, passando pelo tipo de licença Creative Commons (permites trabalhos derivados ou não?) entre outras.
Ainda não tive tempo para descobrir todas as potencialidades do serviço, mas, pelo que percebi, permite-nos ouvir, adicionar (a playlists), classificar e comentar álbuns, facilitando a interactividade com pessoas com gostos comuns. Um pouco à semelhança do que acontece com o Last.Fm, mas aqui numa base completamente livre. Sem dúvida, um sítio a explorar, sejamos novos ou velhos nestas andanças.

3 comentários:

BrainDance disse...

A minha segunda contribuição para este blog foi sobre um álbum que descobri no Jamendo "Jazz U" de Antony Raijekov. É uma excelente ideia, mas ainda tem um longo caminho a percorrer, sobretudo a nível de qualidade. Mas que se apanham por lá muitas pérolas, apanham.

JUNKIE disse...

obrigado pela dica..vou-me jamendar todo então.. e ver se descubro por ai uns talentos.

MrCool disse...

olá Rute, o Jamendo é um conceito interessante, primeiro porque explora a possibilidade dos artistas poderem ganhar dinheiro com a sua musica, pois podemos doar os euros que nos der na gana e vão direitinho para o bolso do artista.
É certo que há falta de qualidade por lá e principalmente nos estilos que estamos habituados a encontrar com mais regularidade nas netlabels.